Policial é morto em seu dia de folga em Betim

Hoje o dia amanheceu com uma cor acinzentada e triste para moradores de Betim e principalmente para a família do cabo da Polícia Militar, Jorge Luiz Santos Oliveira, de 42 anos. O policial foi brutalmente assassinado na noite desta terça-feira (9) em frente à casa de uma amiga no bairro Recreio dos Caiçaras, em Betim.

Ele atuava na 174ª Companhia do 33º Batalhão e estava de folga no momento e aguardava para entregar os cachorros de sua família para uma amiga, que cuidaria deles enquanto ele se mudava de casa. Jorge foi surpreendido por dois homens que o alvejaram com dois tiros.

O dono de uma oficina que fica em frente ao local chegou a socorrer o militar para o Hospital do bairro Teresópolis, mas o cabo não resistiu.

Morte causa tristeza nas redes sociais

O assassinato de Jorge Luiz causou nas redes sociais um grande luto. Internautas foram para o Facebook demonstrar a tristeza da ocasião. “Meu grande amigo sempre com um belo sorriso no rosto! Que tristeza viu! Só Jesus pra nos confortar nesse momento tão difícil!”, lamenta Jefferson Ana Paula.

Solenidade parcialmente cancelada

Na manhã desta quarta-feira (10), aconteceria no Centro Poliesportivo Divino Ferreira Braga uma grande cerimônia para a passagem de comando de parte do 33º Batalhão da Polícia Militar. A solenidade seria aberta para o público e contaria com a presença de grandes autoridades de Betim. Por conta do luto dos policiais, a cerimônia precisou ser realizada de forma discreta dentro do próprio batalhão.

A corporação segue empenhada em busca de prender os autores do crime.

Curta essa Matéria