Dia 6 de maio é a data limite para quem não votou e não justificou a ausência às urnas, regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral. Sem a adequação, o eleitor terá o título cancelado e ficará sem quitação eleitoral. Só em Minas, 239.710 eleitores estão em situação irregular.

Para que a situação seja regulamentada, é necessário procurar o cartório ou o posto de atendimento. O eleitor que não se regularizar dentro do prazo, ficará impedido de praticar alguns atos civis, tais como renovar matrícula em instituição oficial de ensino e tirar o passaporte.

Para saber se o título está em situação irregular, basta comparecer ao cartório eleitoral ou conferir através do site do TRE-MG.

Comentários