Um caso um tanto quanto inusitado viralizou nas redes sociais na última quinta-feira (10). No vídeo que foi gravado no dia 30 de dezembro, o travesti Thaylla Barcellos, de 21 anos, conta como destruiu o carro de um homem para defender uma mulher que estava sendo agredida. “A ex-namorada do bofe botou meio corpo para fora do carro e começou a pedir ajuda. Deus foi tão maravilhoso que, do nada, o carro começou a engasgar e não pegou mais. Aì eu e minha amiga vimos ele ‘sopapando’ a mulher dentro do carro, e fomos para cima dele. Tiramos ele do carro e demos uma surra babadeira nele”, revelou ele.

 

O homem fugiu a pé e o travesti, não satisfeito, quebrou o carro como forma de castigo e disse que não aceita homem bater em mulher. “Tinha muita gente perto quando ele estava batendo nela. Se a gente não tivesse chegado a tempo acho que ele teria matado ela de porrada, parecia que ele estava batendo em um homem. Deus que me livre, eu fiquei cega.”

O travesti disse ainda que teve essa reação porque durante toda sua infância presenciou violências do pai contra sua mãe.

Comentários