Moradores atingidos pela barragem protestam na capital

Um grupo de moradores de Mariana-Mg, que foram atingidos pela barragem de resíduos, estão no prédio da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Segundo a PM o protesto é pacifico, os moradores carregam faixas e cartazes, eles estão lutando para conseguir uma reunião com o órgão.

Os moradores repudiam o modo como o governo e a Samarco vem tratando o caso. “Estamos protestando contra a paralisação da negociação da pauta dos atingidos, em todo o Estado de Minas Gerais. A primeira pauta que reivindicamos é sobre a bacia do rio Jequitinhonha, que foi totalmente atingida pela barragem de Irapé, que pertence a Cemig. Temos milhares de famílias ao longo da bacia bebendo água contaminada. É a região de Minas Gerais que tem menos água potável e menos energia elétrica. Estamos aqui cobrando do Estado que ouça os atingidos”, justificou o coordenador estadual do MAB, Thiago Alves.

 

Curta essa Matéria