Compra de votos é um dos fatores para mais de 33 prefeitos Serem investigados em Minas Gerais

Compra de votos e infinitos fatores fizeram muitos prefeitos ficarem em uma situação muito complicada. Segundo o TRE-MG, mais de 33 prefeitos eleitos não têm futuro definido. 20 tiveram registro indeferido enquanto outros 13 foram cassados.

Toda essa situação tem feito com que as cidades fizessem a verdadeira “Dança das Cadeiras”, em três cidades foi necessário a troca de prefeitos. Na cidade de Santa Cruz de Salinas, o registro do candidato Albertino Teixeira da Cruz (PSDB) foi indeferido porque ele teve contas, de quando era prefeito, rejeitadas.

Gasolina

Até problemas com a gasolina foi motivo para investigações, e foi o que aconteceu com o prefeito Juracy Fagundes (PMDB), de Nova Porteirinha. Ele foi declarado inelegível por 8 anos, a contar de 2016, por abuso de poder econômico e compra de votos. Juracy é suspeito de comprar votos a troco de gasolina.

Foto: Compra de Votos

VEJA TAMBÉM

AERTY PODE TER SUA CANDIDATURA CASSADA EM BETIM

Curta essa Matéria