Celular Moto G 4 Plus explode e deixa feridos

Que o smartphone Moto G 4 tem sido uma grande febre no país, disso não há dúvidas. O modelo foi um dos mais vendidos em 2016 e ainda promete conquistar mais pessoas. Mas um fato chamou muita atenção. Na segunda-feira, o vendedor farmacêutico Williams da Silva, que mora em Maceió teve uma terrível decepção.

Depois de deixar seu celular Moto G4 Plus carregando em uma tomada ao lado do sofá, ele foi dormir e acordou às 4h da manhã com um incêndio em sua sala. No mesmo momento ele gritou para que sua esposa buscasse o filho, passou pelas chamas e gritou por ajuda para os vizinhos.

Williams, esposa e filho de nove anos conseguiram escapar, mas com ferimentos.

Posicionamento da Motorola

A Motorola já se posicionou sobre o ocorrido:

“A empresa já entrou em contato com Willians [sic] da Silva para oferecer suporte e analisar detalhadamente o aparelho para entender o ocorrido. Por se tratar de um caso isolado, acreditamos que é prematuro especular as causas do incidente sem antes concluirmos todas as análises necessárias. A empresa reforça que todos os seus produtos são cuidadosamente projetados e fabricados com os mais altos padrões de excelência em qualidade, sendo submetidos aos testes rigorosos para oferecer ótimo desempenho para o consumidor.”

Curta essa Matéria