ANVISA autoriza pelo de rato e insetos em alimentos

Já imaginou achar pelo de rato ou um pedaço de uma barata em sua comida? Então você sabia que a ANVISA autoriza qualquer tipo de corpo estranho em seu alimento? Basta estar dentro do limite máximo permitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), está liberado.

Veja a quantidade que se é permitida, fragmentos como pelo de roedor pode ser encontrado a cada 100 g de chocolate ou a cada 10 g de molho de tomate. Já no caso de pedacinhos de insetos, são permitidos até 75 a cada 50 g de farinha. Se for no chá de menta ou hortelã, pode ser até 300 fragmentos a cada 25 g.

Para a engenheira de alimentos  Pryscilla Casagrande. “Dói o coração saber que você pode encontrar fragmentos de roedores ou insetos em um chocolate, por exemplo. E a resolução não deixa claro a dimensão disso, meia barata já é um fragmento. Mas a questão não é simplesmente se faz mal à saúde, mas sim a credibilidade. É muito ruim saber que a indústria não teve todos os cuidados de higiene para o controle da qualidade”, afirma.

Curta essa Matéria