Aécio Neves é afastado pelo Supremo Tribunal Federal

Foto Reprodução/web

Após o vazamento do áudio, onde mostra que o presidente nacional do PSDB Aécio Neves, pedia R$ 2 milhões para Joesley Batista, um dos donos da JBS, divulgado ontem (17) pelo jornal O Globo.  Foi decretado nessa manhã (18) pelo Supremo Tribunal Federal o afastamento do senador Aécio Neves de seu mandato.

O dinheiro foi entregue para o primo de Aécio, em quatro parcelas de R$ 500 mil. A quantia serviria para pagar a defesa nos inquéritos da operação Lava Jato. Além do afastamento do tucano, existe também um pedido de prisão requisitado pelo Supremo. O Pedido ainda não foi autorizado, mas será submetido aos relatos da Lava Jato, o ministro Edson Fachin, para depois ser submetido aos pares.

Curta essa Matéria